Agronegócio | Com Agência ALMS | 17/10/2019 12h17

Para deputados, MS tem potencial para expansão da suinocultura

Compartilhe:

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) recebeu na manhã desta quinta-feira (17) o deputado estadual por Santa Catarina, Altair Silva (PP), que compartilhou experiências da Frente Parlamentar pela Suinocultura da Assembleia Legislativa de seu estado e veio participar da posse da Frente do mesmo tema na ALEMS, prevista para hoje à tarde, às 13h30, no Plenário Júlio Maia.

O parlamentar concordou com os deputados de Mato Grosso do Sul, que aqui há muito potencial para a expansão da suinocultura. “Com esse solo plano, terra produtiva e povo empreendedor, esse Estado tem muito a crescer na produção de suínos. Ainda mais com a grande produção de milho para insumo”, disse Altair Silva.

O deputado catarinense explicou que para seu estado precisa importar mais de 4 milhões de toneladas de milho de vários locais do Brasil e até do Paraguai para subsidiar a produção de suínos. “Somos responsáveis por mais de um terço dos abates desse setor de todo o país, geramos mais de 65 mil empregos diretos e outros 145 mil indiretos, movimentando mais de U$ 157 milhões só em 2019. E a Frente Parlamentar auxilia nos desafios de expandir a produção, com o controle da proteção sanitária e lutando pelas melhorias que o setor precisa”, resumiu.

Altair Silva veio a convite do deputado Renato Câmara (MDB), que será o coordenador da Frente Parlamentar na ALEMS. “Agradeço a disponibilidade de vir compartilhar os conhecimentos conosco, de um estado que é referência e ainda mostrar o que precisamos fazer para continuar no caminho certo”, disse Câmara.

O presidente da Casa de Leis, deputado Paulo Corrêa (PSDB), reafirmou que as portas estão abertas. “Com sua expertise nós só temos a agradecer a vinda. Ficamos muito honrados”, disse. Barbosinha (DEM), quem também fará parte do grupo de trabalho definiu que a vinda de Altair Silva dará suporte ao modelo que Mato Grosso do Sul quer ser. “Não precisaremos enfrentar tantas dificuldades com as experiências compartilhadas de Santa Catarina e isso vai ajudar muito aqui a também ser modelo”, ressaltou.

Além de Câmara e Barbosinha, também farão parte da nova Frente Parlamentar os deputados Gerson Claro (PP), Londres Machado (PSD), Antônio Vaz (Republicanos), Marçal Filho (PSDB), Eduardo Rocha (MDB), Zé Teixeira (DEM), Coronel David (PSL), Herculano Borges (Solidariedade), Neno Razuk (PTB), Professor Rinaldo (PSDB), Capitão Contar (PSL), Marcio Fernandes (MDB), Lucas de Lima (Solidariedade) e Barbosinha (DEM).

O grupo de trabalho foi instituído pelo Ato da Mesa Diretora 34/2019. Cabe a Frente promover debates, com a participação dos mais diversos segmentos da sociedade civil, no que tange à cadeia produtiva dos suínos; subsidiar, com pareceres, informações técnicas e dados estatísticos, as iniciativas legislativas de interesse da sociedade no que concerne ao tema, em especial aquelas voltadas à produção e à comercialização; além de incentivar o desenvolvimento da cultura de suínos no Estado.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS