Campo Grande | Com Portal do MS | 16/09/2020 07h50

Com estrutura moderna, pista de skate em Campo Grande será referência nacional

Compartilhe:

No ano em que o skate estreia no programa olímpico, em Tóquio, no Japão, durante os Jogos Olímpicos de Verão 2021, Campo Grande receberá uma pista com estrutura moderna para se tornar referência da modalidade no país. Além de servir para a iniciação de atletas no esporte e aperfeiçoamento dos que já praticam, o espaço permitirá colocar a Capital sul-mato-grossense na rota dos grandes eventos nacionais e internacionais, atraindo skatistas profissionais de renome e adeptos de várias regiões.

A instalação esportiva será construída pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), na praça central do Núcleo Habitacional Moreninha III, no extremo Sul da Capital. A área de construção pertence à administração estadual, sob comando da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab).

O primeiro passo do processo de concepção da pista foi dado nesta segunda-feira (14), em reunião para apresentar o planejamento estratégico da obra a membros da Associação de Skate de Mato Grosso do Sul (ASMS). O encontro teve a participação do diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda; de representantes da Prefeitura, Câmara Municipal e da comunidade.

“É um pedido antigo da comunidade e dos skatistas da Capital, que será prontamente atendido. Isso mostra o comprometimento do governador Reinaldo Azambuja com o esporte, tratando-o como política pública essencial, preocupado em levar qualidade de vida e saúde à população por meio de espaços esportivos”, enfatiza Marcelo Miranda.

Para o titular da Fundesporte, o objetivo é fazer com que a pista se torne berço de novos talentos diante do cenário positivo da modalidade, reconhecida em 2016 pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). “Esse é um esporte que está num momento muito importante, é um dos mais praticados do país e do mundo, além de ser capaz de tirar muitas crianças e jovens das ruas. A ideia é fazer um espaço de excelência, que realmente dará um boom na modalidade em Mato Grosso do Sul”.

O sonho de Reynardt Peralta, de 32 anos, atual presidente da ASMS, é ver o skate sul-mato-grossense ser destacado nacionalmente, com a revelação de novos atletas e recepção de eventos de grande magnitude. “Nosso sonho é trazer uma etapa do Campeonato Brasileiro e quem sabe uma do Circuito Internacional a Campo Grande, podendo atrair investimentos de empresas nacionais e internacionais e dando retorno financeiro ao Estado. Para isso, precisamos dessa infraestrutura à altura”.

Os moradores das Moreninhas também serão contemplados com quadra de areia destinada à prática de vôlei de areia e de beach tennis, vestiários para o campo de futebol já existente no local, banheiros, além da ampliação do sistema de iluminação. No total, a praça possui área de aproximadamente oito mil metros quadrados e está localizada no quadrilátero formado pelas avenidas Grande Floresta, Baobá, Araticun e a rua Anacá.

Também participaram da reunião nesta segunda (14) o secretário municipal de Governo e Relações Institucionais de Campo Grande, Antônio Cézar Lacerda; diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte (Funesp), Rodrigo Terra; secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese; vereadores da Capital, Chiquinho Telles e João César Mattogrosso; presidente da Associação de Moradores da Moreninha III, Valdecir Oliveira Souza; e membros da diretoria da Associação Estadual de Skate (ASMS): Jeferson Soares (secretário) e Eric Fossati (conselheiro).

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS