Ciência | Da redação/ com PSDB/MS | 28/03/2016 15h32

Após digitalizar 100% da zona rural, prefeito concorre a prêmio Prefeito Empreendedor

Compartilhe:

Figueirão se tornou o primeiro município a registrar por imagens fotográficas e de satélite, 100% da sua zona rural. Essa conquista rendeu ao prefeito, Rogério Rosalin (PSDB), a indicação para concorrer ao prêmio Prefeito Empreendedor, organizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O projeto digitalizou trechos de cinco rodovias, diagnosticou problemas e oportunidades em todas as 496 propriedades rurais do município com objetivo estimular a renda no campo e contribuir com a população, por meio da produção de alimentos orgânicos. Os técnicos do Sebrae estiveram em Figueirão avaliando o Programa Produzir Mais e o resultado será divulgado no dia 31 de março.

Entre os principais beneficiados está a Associação de Moradores e Produtores Rurais da Comunidade Quilombola de Santa Tereza (Amprust), que planeja viabilizar em 2016 uma microindústria de processamento de alimentos no distrito da Santa Tereza. São 64 moradores e pequenos produtores rurais, de 28 propriedades, que comercializam 120 mil litros/mês para um laticínio de Camapuã, mas que planejam realizar o processamento desses alimentos na própria Associação.

Na primeira etapa do Programa, por meio da Prefeitura, os quilombolas e pecuaristas inseminaram 200 vacas com sêmen de touros das raças Girolando e Holandês, com o objetivo de aumentar a qualidade e quantidade do leite produzido, e, consequentemente, a renda do pequeno produtor.

Os alunos da escola municipal e pacientes do hospital de Figueirão, também são beneficiados com a produção desses alimentos primários como a batata, hortaliças, abóbora, mandioca e outros.

“Com a aplicação de técnicas e incentivos à agricultura familiar monitoramos o volume e a qualidade da produção que contribuirá com nosso objetivo de tornar 60% da demanda de compra do município, na questão de alimentos primários e originados exclusivamente dessas pequenas propriedades, com selo de qualidade. Além disso, inauguramos a Feira do Produtor, estimulada pelo Produzir Mais, como uma forma de aproximar a população urbana e rural, bem como alternativa de diversificar a fonte de renda do homem do campo”, declarou Rosalin.
Com a digitalização concluída, a Secretaria Municipal de Agricultura de Figueirão, está identificando as aptidões das fazendas da região, com o objetivo de ampliar a qualidade da produção agropecuária, atrair indústria e contribuir com a tomada de decisões pela equipe administrativa.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS