Ciência | Da redação/ com Assessoria de Comunicação | 23/04/2016 09h07

Mais um município de MS terá acesso ao sinal 3G

Compartilhe:

Depois de Bonito, Fátima do Sul, Jardim e Costa Rica, que foram atendidos com sinal digital para celulares, é a vez dos moradores de Figueirão celebrarem o acesso à internet pelo sinal 3G. A expectativa é de que até o dia 30 de abril a Oi, finalize a fase de testes na região e libere o sinal na região. A instalação iniciou após algumas reuniões com a equipe da prefeitura de Figueirão e o presidente da OI em MS, João Henrique.

Segundo o presidente do conselho de usuários da Oi no Centro-Oeste, Walder de Freitas, uma determinação da Anatel cada operadora deverá atender 242 municípios com menos de 30 mil habitantes. “Por não ser de interesse das operadoras, devido ao tímido número da população, foi necessária a determinação, e Figueirão ficou a cargo da Oi”, afirma. De acordo com Freitas, essas operadores precisam disponibilizar o sinal até 31 de dezembro de 2019, mas algumas são antecipadas devido ao empenho do poder público. “Figueirão será privilegiado com o sinal, devido a insistência da Prefeitura e o nosso empenho, que conseguimos viabilizar junto a Anatel”, detalha o presidente.

Para o prefeito, Rogério Rosalin (PSDB), o sinal 3G significa avanço em todos os setores e fomentará a economia local. “Tanto nossas ações públicas, bem como prestações de conta, acesso a sistemas estaduais e federais, como o comércio, necessita de internet para ampliar o rendimento. Tornamo-nos dependentes desta ferramenta, e pode contar significa acesso à informação e serviços mais ágeis”, destaca.

Freitas ainda sinaliza sobre o desafio quanto a qualidade do sinal de telefonia, nem sempre corresponder ao sinal de internet. “Para se dar bem, muitos usuários terão de optar por dois chips, uma vez que na região Norte o sinal de telefonia que predomina é Vivo, enquanto que em Figueirão, a internet será Oi”.

Os técnicos já fizeram as devidas instalações e iniciaram a fase de testes da internet 3G em Figueirão, que será liberada oficialmente no dia 30.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS