Ciência | Da redação/com Assessoria | 21/10/2015 14h04

Senai participa da Semana de Ciência e Tecnologia na Capital

Compartilhe:

Uma bancada de simulação didática de pneumática que simula equipamentos utilizados na indústria está em exposição no estande do Senai montado para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que começou nesta quarta-feira (21/10) e prossegue até sexta-feira (23/10), na Sectei (Secretaria Estadual de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação), em Campo Grande (MS). O governador Reinaldo Azambuja, que participou da cerimônia de abertura do evento, visitou o estande do Senai e conheceu o funcionamento da bancada de simulação didática de pneumática.

Segundo Reinaldo Azambuja, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia tem uma grande importância na superação das dificuldades. “Esse é o caminho para a sociedade: investir pesado em ciência, tecnologia e inovação”, disse. Já o secretário estadual de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Athayde Nery, destacou a participação de Mato Grosso do Sul nas principais feiras de tecnologia do mundo e ressaltou que o Estado é um celeiro de jovens com excelentes ideias. “Esse é o caminho, e todos os jovens devem se engajar no sentido de construir um projeto democrático no país”, finalizou.

O diretor-técnico do Senai, Gilberto Evidio Schaedle, destacou que o movimento criado pela Semana de Ciência e Tecnologia ajuda a difundir o conceito de inovação. “O evento representa a soma de esforços das entidades que visam promover um ambiente mais favorável para o desenvolvimento das empresas através da inovação, tecnologia e ações integradas”, afirmou.

De acordo com o técnico da Gerência de Tecnologia e Inovação do Senai, Alonso Simões, as ferramentas são utilizadas pelos instrutores em sala de aula para facilitar as aulas práticas de quem opta pela carreira técnica e pelo aprendizado no Senai. “Isso faz com que os alunos fiquem familiarizados com os equipamentos com os quais irão lidar no mercado de trabalho”, declarou.

Visitantes - “É interessante conhecer as ferramentas de tecnologia que ajudam na educação. Os alunos estão cada vez mais ligadas a esse mundo”, disse a professora de informática Vera Lúcia Sandri, que observou o simulador de acionamentos pneumáticos durante visita ao estande do Senai. A estudante Dyulli Kaetlin, 15 anos, também visitou o estande e, para ela, a tecnologia veio para facilitar a vida das pessoas no trabalho. “Tudo muito interessante por aqui. Também é legal ver as possibilidades de carreiras que usam esses equipamentos tecnológicos”, falou.

A estudante Nahimah Badin, 16 anos, ficou curiosa com a bancada de simulação do Senai. “Ver a exposição ajuda a enxergar novas as possibilidades e estimula a gente a conhecer as profissões”, disse.  Com o tema Luz, Ciência e Vida, a 12ª edição do evento deve receber aproximadamente dois mil alunos de escolas públicas e particulares.

Na Capital, a programação conta com palestras, minicursos e exposições como a Expolumine e a de Microfotografias 3D de espécimes do cerrado, além de estandes das instituições parceiras. Várias ações também vão ocorrer em outros municípios, sendo os principais: Ponta Porã, Dourados, Naviraí, Três Lagoas e Corumbá. Em todo o Estado, a Semana contará com mais de 1,2 mil atividades e 183 instituições envolvidas.

Também participaram da abertura do evento a secretária estadual de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, o secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, o diretor-presidente da Fundect, Marcelo Turine, entre outras autoridades. 

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS