Ciência | Com informações da Comunicação Social da UEMS | 05/10/2015 14h51

UEMS é a primeira no País a propagar popularização da ciência

Compartilhe:

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) é a primeira fundação pública estadual de ensino superior no País a contar com uma assessoria específica para Popularização da Ciência. Tal iniciativa insere a UEMS na vanguarda, entre outras universidades, no quesito de divulgação e fortalecimento da cultura científica em âmbito regional e nacional.

Edmílson Souza, assessor da Acade, explica que a recém-criada Assessoria de Popularização da Ciência e Apoio ao Desenvolvimento Educacional (Acade) surge com o objetivo de incentivar ações permanentes que melhorem a percepção pública da ciência desenvolvida na UEMS em várias frentes.

“O foco principal serão os alunos das escolas da rede estadual de ensino, afinal, eles serão nossos clientes no futuro e precisamos atingi-los, convencê-los da importância da ciência no processo transformador de um país. Por meio de programas diversos, a UEMS irá apresentá-los a tudo que a Universidade produz, despertando o interesse disse público em relação ao conhecimento científico”, explica Souza.

Nesse sentido, muitos projetos poderão ser implementados pela Acade, desde concursos de fotografias científicas a intervenções de cursos da UEMS em feiras de ciências nas unidades escolares. “Essas relações passarão a ter um novo significado na interação entre acadêmicos (em especial, das licenciaturas) com a realidade dos alunos das escolas.

Em contrapartida, a Acade também vai instigar, por meio de projetos já existentes, a interação dos alunos de ensino médio com a realidade universitária da UEMS. “Quando ações de popularização da ciência são levadas para a escola, como forma de um aprendizado informal e complementar, despertando a curiosidade dos estudantes, se valendo de metodologias eficazes para este fim”, defende Souza.

As atribuições da Assessoria, porém, são mais abrangentes. A Acade nasce com o propósito de integrar a UEMS junto à população de uma maneira mais constante, mais presente. É preciso que a Universidade supere seus muros e se aproxime da comunidade externa, de um modo positivo.

A Acade também possui outros eixos de direcionamento, dentre os quais: o incentivo de uma maior dinâmica relacional entre a área das ciências exatas com as artes e humanidades na UEMS, o fomento de parcerias com organismos governamentais e não governamentais no âmbito do Estado e do país e a participação de discussões em eventos que tenham como tema a popularização da ciência, entre outros objetivos.

“A interação das ciências exatas com as outras áreas de conhecimento pode ocorrer, por exemplo, por meio de uma peça teatral que aborde relações entre compostos químicos ou das interações com a física. Assim, os conceitos de determinada reação química poderiam ser esboçados numa linguagem acessível, através da arte”, detalha o responsável pela Acade. Para Souza, a Assessoria de Comunicação Social da UEMS terá um papel importante neste processo, com a divulgação de matérias de interesse público sobre produção científica, um trabalho que já existe, mas que será incentivado ainda mais.

Ações iniciais para 2015-2016

De 19 a 25 deste mês, a Acade vai empreender ações relativas ao debate do conhecimento científico, dentro da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT-2015), que irá trabalhar com a temática “Luz, Ciência e Vida”.

De acordo com Souza, ocorrerá exibição de filmes que tratem, de forma interdisciplinar, de aspectos históricos da ciência com as relações de gênero. Dentro deste ano, ainda serão tratados projetos vinculados à visita de docentes da UEMS em bairros da grande Dourados.

“As iniciativas voltadas para o atendimento à população irão aproximar pessoas comuns de conhecimentos gerados no ambiente universitário. Com isso, a UEMS voltará a um olhar social necessário para que a passe a ser encarada como instituição pertencente a uma grande parcela do povo que, nem sempre, tem a oportunidade de adentrar numa Universidade”, finaliza Souza.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS