Entrevistas | Danilo Galvão | 13/12/2019 08h30

História da Segurança Privada no Estado é assunto no MS EM DIA

Compartilhe:

Nos idos o início da década de 70, do século passado, uma iniciativa empreendedora, pela segurança em Corumbá fez nascer a célula do que seria a maior empresa de um segmento em Mato Grosso do Sul. Uma organização, que, na divisão do "Mato Grosso Uno", já nasceu forte, como a nova unidade federativa que surgia no Centro-Oeste.

Para contar a história da Cormat, que depois se tornou a Cifra, o MS EM DIA PREVIEW, traz nessa edição o advogado Breno Moura, filho do empresário Francisco Moura, que, de vigilante como o pai dele, criou um mega empreendimento do setor de vigilância e transporte de valores. Não da noite para o dia.

Um sucesso construído a partir de uma época em que as estradas dessa região do país, pouco tinham de asfalto, com viagens feitas dentro de um jeep, e muita garra para transformar um sonho em realidade. Desse engajamento, fez-se a organização que chegou a ter o maior número de funcionários nesse setor, na história de Mato Grosso do Sul.

Um nicho depois invadido pelas multinacionais, que, apesar da força, ainda não igualam o poderio da Família Moura, em transformar relacionamento, e respeito ao cliente, em um inigualável ativo de mercado. Tudo pelo exemplo e memória do 'Seu Cícero', que trocou o sertão nordestino pelo Pantanal, em busca de um lugar quente para viver, no qual água não fosse um problema.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS