Evento | CG Notícias | 02/12/2019 07h50

Semana Nacional de Assistência acontece nesta semana na Capital

Compartilhe:

Em alusão ao Dia Nacional da Assistência Social e aos 26 anos da Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS), comemorados no dia 7 de dezembro, a Secretaria Municipal de Assistência Social realizará a partir desta quarta-feira (4) até o dia 6 de dezembro, a segunda edição do Seminário SAS – Boas Práticas na Assistência Social. A iniciativa busca a apresentação e discussão, por meio dos relatos de experiências dos trabalhadores, das práticas exitosas na execução dos serviços, programas, projetos e benefícios das unidades descentralizadas e setores da SAS. O evento acontecerá no auditório da faculdade Insted, localizado na Rua 26 de Agosto, 63- Centro, das 7h às 12h.

Com a promulgação da LOAS em 07 de dezembro de 1993, a assistência social adquire uma visibilidade diferenciada, ganhando espaços e possibilitando a descentralização e implementação da política de assistência social. A prática de um processo participativo e democrático, com garantias de direitos e benefícios a todos que deles necessitam é proposito desta Lei. O secretário Municipal de Assistência Social, José Mário Antunes destacou que a comemoração não é apenas de mais um ano de implementação da LOAS, mas de defesa da sua manutenção e seus preceitos. “Temos que considerar ainda a luta dos tralhadores desta política, como prova disso temos a instituição da Lei Municipal do Sistema Único de Assistência Social, que aconteceu em agosto deste ano, ratificando a concretude de acesso aos direitos socioassistenciais, com planejamento das ações e oferta dos serviços, programas, projetos e benefícios com qualidade à população, além da segurança jurídica no cumprimento da execução do SUAS no Município”, explicou o secretário.

Reflexões e aprimoramento

O 2º Seminário SAS – Boas Práticas na Assistência Social é um espaço democrático de troca de saberes e reflexões no sentido de aprimoramento das ações voltadas para atender os pressupostos da Política de Assistência Social. “O seminário é o momento de evidenciar o trabalho realizado pelos profissionais da SAS, demonstrando todo o esforço, dedicação, preparo e aprimoramento que cada trabalhador dedica para o desenvolvimento de suas atividades dentro desta política, evidenciando toda expertise necessária para o bom resultado dos serviços, com bases em referenciais teóricos-metodológicos coesos às práticas dos serviços socioassistenciais executados”, completou.

Outro ponto importante do seminário é o compartilhamento de boas práticas enfatizando a importância da construção coletiva das ações desenvolvidas, a proposição de instrumentos e processos de trabalho no âmbito das políticas públicas. Durante o encontro, profissionais da Assistência Social irão apresentar indicativos de ferramentas efetivas e caminhos a seguir para a qualificação do trabalho, com vistas ao aprimoramento do atendimento ofertado ao público usuário do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) do município.

O secretário avalia que a participação dos profissionais da SAS nos três dias de seminário é de extrema relevância para o aprimoramento dos técnicos da Assistência Social nos âmbitos ético-político, teórico-metodológico e técnico-operativo. “O evento será uma alavanca motivadora no exercício das funções profissionais proporcionando a troca de experiências nos processos de trabalho, demonstrando os avanços e desafios da Secretaria de Assistência Social”, concluiu Antunes.

Para inscrição é necessário acessar o link www.campogrande.ms.gov.br/sas

Será emitido certificado de 15 horas para os que participarem dos três dias de evento.

Mais informações: 67 99147-2637

CRONOGRAMA

04/12/2019

7h Credenciamento

7h30 Abertura

  • Apresentação Cultural: Coral Flores do Pantanal – CCI Elias Ladho
  • Dispositivo e Pronunciamento de Autoridades
  • Pronunciamento da Superintendente de Gestão do SUAS – Sr.ª Edna Maria de Almeida Victorio

APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS

  • Gestão do Trabalho e Educação Permanente: Integração e Articulação de Ações Estratégicas para o Fortalecimento do SUAS.- Gerência de Educação Permanente e Gerência de Informações e Gestão de Trabalho do SUAS
  • Aplicação do GUT no Monitoramento.- Gerência de Vigilância Socioassistencial
  • Acompanhamento em Grupo: BPC Escola – Mães de Anjo – CRAS Tiradentes
  • Atenda: Saúde e Assistência Social, Atendimento Intersetorial às pessoas em situação de rua com transtornos psiquiátricos graves.

05/12/2019

7h Credenciamento

Pronunciamento da Superintendente de Proteção Social Especial – Sr.ª Tereza Cristina Migliori Bauermeister

APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS

  • Reflexão sobre a atuação do Assistente Social nas Medidas Socioeducativas em meio aberto na perspectiva do projeto ético político do Serviço Social – CREAS Centro
  • Acolhimento de Adultos – CETREMI: Um estudo de caso sobre o resgate da dignidade por meio do empoderamento e articulação com a rede – CETREMI
  • Família Acolhedora – Acolhimento Personalizado – Gerência de da Rede de Proteção Social Especial de Alta Complexidade – GAC
  • Reuniões de Referenciamento Técnico: Uma proposta de trabalho junto aos educadores sociais do SCFV (06 a 15 anos) – CRAS Dom Antônio
  • Acompanhamento Particularizado dos irmãos “G” – CRAS Novos Estados
  • Boas práticas no território: A importância da articulação em rede

06/12/2019

7h Credenciamento

Pronunciamento da Superintendente de Proteção Social Básica – Sr.ª Inês Auxiliadora Mongenot Santana

APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS

  • Ação de controle realizada por meio da fiscalização da Controladoria Geral da União – CGU – Gerência de Gestão do Cadastro Único – GGCU
  • Aproximação da Supervisão Técnica com os pressupostos da Política Nacional de Educação Permanente no SUAS. – SPSB – Gerência de Rede da Proteção Social Básica – GRPSB
  • Intersetorialidade: Uma prática que promove a atenção integral da Primeira Infância no município de Campo Grande – MS – Programa de Criança Feliz
  • Resultados da Gerência de Trabalho e Ações de Cidadania – Gerência Trabalho e Ações de Cidadania
  • Acolhida Coletiva no território – CRAS Nossa Senhora Aparecida
  • Requisitos e Parâmetros relacionados ao acolhimento do idoso em instituição de longa permanência no âmbito da Assistência Social – Gerência de Proteção Social de Alta Complexidade – GAC
  • O trabalho com oficinas no serviço de medidas socioeducativas em meio aberto do CREAS Centro de Campo Grande / MS – CREAS Centro
  • Análise do impacto das oficinas e o alcance das aquisições na vida do usuário – CRAS Vila Gaúcha
  • A Ação Comunitária como instrumento de participação popular, garantia de direitos e ampliação do universo informacional dos usuários – CRAS Vila Gaúcha

Homenagens

Encerramento

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS