Maracaju | Com Grupo Sato | 24/08/2016 17h02

Cultivares de trigo, triticale e aveia serão tema de Dia de Campo nesta quinta-feira (25)

Compartilhe:

Para levar orientações quanto às opções de cultivares disponíveis para diversificação de culturas, a Fundação MS realiza, em parceria com o Senar/MS, o Dia de Campo Culturas de Inverno 2016. O evento será em Maracaju (MS), na Unidade Experimental Fazenda Alegria, a partir das 8h, onde cultivares de trigo, triticale e a aveia serão apresentadas a produtores rurais, acadêmicos, técnicos, entre outros.

De acordo com o pesquisador da Fundação MS, Carlos Pitol, que apresentará no evento informações sobre a aveia branca, o período de inverno é propício para a rotação de culturas, e as variedades oferecidas ajudam a melhorar o sistema de produção. "Essas variedades ajudam a melhorar o solo, e o produtor pode fazer isso sem gastar muito dinheiro e, consequentemente, beneficiar a produção da safra seguinte. Muitos produtores poderiam optar por esse sistema de produção visando mais estabilidade em sua atividade", comenta o especialista.

Com a realização do Dia de Campo, espera-se colocar em pauta, novamente, a importância da rotação de culturas para manter o potencial produtivo da agricultura sul-mato-grossense. Pitol comenta que nos últimos anos houve avanço muito forte na sucessão soja/milho safrinha, fazendo com que o sistema agrícola ficasse exposto a alguns riscos. Por isso, as culturas de inverno apresentam relevância, ajudando a preparar o solo para a produção de grãos e, consequentemente, diversificando a produção.

No caso da aveia branca, o pesquisador explica que ela auxilia na condição física do solo e pode resultar em ganhos voltados para as próximas safras de soja e milho, podendo ser utilizada também como forrageira. Ele cita, ainda, exemplos de outras culturas, como o nabo forrageiro, ervilhaca peluda e crambe, também comuns no período de inverno e que podem ser utilizadas como reciclador de nutrientes.

As culturas de trigo e triticale também são utilizadas para cobertura de solo neste período, com maiores possibilidades de ganhos econômicos. Ajudam, inclusive, no controle da buva e de outras plantas invasoras, que podem se desenvolver nesta época. "Vamos apresentar várias opções e o produtor poderá verificar qual cultura é a mais adequada para a sua realidade", completa Pitol.

A programação do Dia de Campo prevê, ainda, participação de instituições como a Fundação Meridional, Fundação Pró-Sementes e Biotrigo, para falar sobre trigo e triticale; e palestra com o professor Dr. Luiz Carlos Ferreira de Souza, da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), que abordará sobre as culturas de inverno e opções para rotação de culturas.

Serviço

Dia de Campo Culturas de Inverno 2016

Data: 25/08/2016

Horário: 8h

Local: Unidade Experimental Fazenda Alegria, em Maracaju-MS

Outras informações: (67) 3454-2631

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS