Saúde | Gabriel Neri | 22/05/2020 07h30

Estado tem quase 58 mil notificações de dengue em 2020

Compartilhe:

Mato Grosso do Sul é o segundo Estado com maior incidêcia de dengue em 2020. De acordo com os dados da Secretaria de Saúde, foram 57.924 notificações da doença em MS. Até esta quarta-feira (20), 26.771 casos foram confirmados e 37 pessoas morreram de dengue.

A cidade com maior incidêcia de dengue no Estado é Novo Horizonte do Sul. O município tem 6.318,8 casos por 100 mil habitantes. A cidade com a menor incidência é Terenos, com 311,8. Assim, todos as 79 cidades de MS estão classificadas com alta incidência, quando apresentam mais de 300 casos por 100 mil habitantes.

As cinco principais cidades do Estado também apresentam números procupantes da doença. Ponta Porã é a oitava cidade com maior incidência, 5.018,0. Corumbá tem 3.307,8 de incidência. Três Lagoas aparece com 2.985,5 casos por 100 mil habitantes. A capital tem 1.350,8 de incidêndia. Por último, se comparando as cinco principais, aparece Dourados com 769,7.

O Estado tem 26.771 confirmações de dengue nesses pouco mais de quatro meses. Número de notificações de 2020 já representa 67,9% dos casos de 2019. Na série histórica, 2020 está apenas atrás de 2013, 2016 e 2019 no número de casos notificados.

São 37 mortes pela dengue em Mato Grosso do Sul no ano. Desses, 23 apresentavam comorbidades. Março foi o mês com mais óbitos registrados, cinco, seguido por janeiro e fevereiro, ambos com oito. Em maio, até este dia 20, foram quatro mortes.

Campo Grande é a cidade com mais mortes, sete. Corumbá registrou quatro, Dourados e Naviraí três cada.

Confira abaixo o mapa do Estado com os óbitos:


VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS