Saúde | Com Portal do MS | 08/11/2018 11h00

Palestras do Novembro Azul podem ser solicitadas na SES

Compartilhe:

Para conscientizar a população sobre a saúde do homem e a prevenção do câncer de próstata, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) realiza neste mês, em todo o Mato Grosso do Sul, ações relacionadas à campanha Novembro Azul. Palestras, rodas de conversa, exibição de vídeos e outras atividades podem ser solicitadas, gratuitamente, pelo telefone (67) 3318-1604.

As atividades têm objetivo de levar conhecimento à sociedade. As ações são realizadas pela Gerência de Saúde do Homem da SES com apoio das prefeituras municipais. Na terça-feira (13.11), por exemplo, mais de 500 funcionários da empresa concessionária de água e esgoto de Campo Grande receberão informações sobre a Campanha.

Conforme a gerente geral de Saúde do Homem da SES, Maria Jesus Nasser Viana, as orientações levam informações de forma integral. “Prevenção do câncer de próstata, do câncer de boca, orientação nutricional, cuidados com o coração, prevenção de outras doenças”, exemplifica. Distribuição de material explicativo e apresentação de vídeos reforçam a importância do cuidado.

Câncer

O câncer de próstata é o segundo tumor que mais mata os homens no Brasil. Em Mato Grosso do Sul, só em 2018, foram registradas 147 mortes por câncer de próstata no Estado, conforme dados SES. Cerca de 300 internações em decorrência da doença são registradas por ano. Mas é importante lembrar que a doença tem cura e o diagnóstico precoce é a melhor opção.

A próstata é uma glândula exclusivamente masculina, localizada abaixo da bexiga, atrás da púbis e à frente do reto. Juntamente com outras duas glândulas, conhecidas como vesículas seminais, ela produz grande parte do sêmen, fluído orgânico produzido pelos homens. Por circundar a posição inicial da uretra, a próstata também faz parte do sistema urinário.

A partir dos 45 anos todos os homens devem fazer os exames preventivos para detectar qualquer alteração na próstata. Os homens que já possuem fatores de risco, como antecedentes de câncer de próstata ou de mama na família e homens da raça negra, os exames devem ser feitos a partir dos 40 anos. Entre os exames clínicos usados para detectar a doença está o de sangue.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS